quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

SAWABONA

Imagem retirada do Facebook
"Há uma tribo africana que tem um costume muito bonito. Quando alguém faz algo prejudicial e errado, eles levam a pessoa para o centro da aldeia, e toda a tribo vem e o rodeia. Durante dois dias, eles vão dizer ao homem todas as coisas boas que ele já fez.

A tribo acredita que cada ser humano vem ao mundo como um ser bom, cada um de nós desejando segurança, amor, paz, felicidade. Mas às vezes, na busca dessas coisas, as pessoas cometem erros. 
A comunidade enxerga aqueles erros como um grito de socorro. Eles se unem então para erguê-lo, para reconectá-lo com sua verdadeira natureza, para lembrá-lo quem ele realmente é, até que ele se lembre totalmente da verdade da qual ele tinha se desconectado temporariamente: "Eu sou bom". Sawabona Shikoba!

SAWABONA, é um cumprimento usado na África do Sul e quer dizer:
"EU TE RESPEITO, EU TE VALORIZO, VOCÊ É IMPORTANTE PRA MIM".

Em resposta as pessoas dizem SHIKOBA,que é:
"ENTÃO, EU EXISTO PRA VOCÊ".

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Vi este texto no Facebook e achei simplesmente maravilhoso. Decidi partilhá-lo aqui, porque nos faz reflectir como a vida pode ser tão simples e tão feliz. Faz-me acreditar que o mundo poderia ser assim, um paraíso, onde toda a gente se amasse e respeitasse. Dá-me uma certa esperança.

Em psicologia usa-se muito o termo: "Comportamento gera comportamento". Ou seja, partindo do princípio desta tribo: "cada ser humano vem ao mundo como um ser bom, cada um de nós desejando segurança, amor, paz, felicidade" (Só pode ser verdade), se o nosso comportamento, enquanto sociedade, desse o exemplo, em vez de julgar o outro pela sua atitude, ajudá-lo a reencontrar-se, o mundo seria um lugar melhor. A isto eu chamo psicologia positiva. Evoluir é respeitar o outro e ajudá-lo a encontrar o caminho e não a julgá-lo (é muito mais fácil). Pensem nisto!

Comecem a fazer isto com os vossos filhos, com os vossos alunos (é muito mais fácil com crianças)... tenho a certeza que só pode dar bons resultados.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

E já agora, e porque hoje este blog completa as 100,000 visualizações (nem acredito!) aproveito para deixar um agradecimento muito especial a todos vocês que por aqui passam, SAWABONA!

Muito grata :)

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Batido delicioso

Adoro batidos, mas não conheço muitas receitas. Quando vi esta receita, aqui com ingredientes que adoro, não descansei enquanto não provei! É uma delícia.
Ingredientes
1 iogurte líquido de morango
1 banana
sumo de 1 laranja*
raspas de chocolate (preto)
Junta-se tudo no liquidificador e está pronto!

*Ontem, fiz o sumo de laranja primeiro, retirei a polpa e depois juntei o resto dos ingredientes, ficou muito bom. 
Hoje, voltei a repetir, mas coloquei a laranja aos gomos juntamente com os restantes ingredientes. Desta vez o sabor a laranja ficou um pouco mais forte, mas muito bom! Gostei das duas versões.

A Sofia, na receita que publicou no Facebook, escreveu sumo, mas na foto tem a laranja aos pedaços, foi isso que me baralhou e me levou a fazer as duas versões.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

4/52 Weeks

"A portrait of my children, once a week, every week, in 2013."
Hoje, para ser diferente, uma brincadeira. Decidi reproduzir (não ficou bem igual) uma foto que tem 2 anos e 11 meses, e que eu adoro!

Foto da esquerda: Diogo com 5 anos e Sara com 3 meses. Foto da direita: Diogo 8 anos e Sara 3 anos e dois meses.

Boa semana :)

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Doce de abóbora porqueira/menina (caseiro)

Esta receita de doce de abóbora, já estava prometida há muito tempo. À semelhança do doce de tomate que publiquei aqui, esta receita também foi tirada da Internet há uns anos, mas não me recordo de que site/blog. 

Usei 4 Kg. de abóbora, mas, as quantidades que publico são para  1 Kg. de abóbora.



Este ano, pela primeira vez fiz doce de abóbora porqueira ao contrário dos anos anteriores que fiz sempre com abóbora menina (a mesma receita). Gosto de ambos os sabores, mas prefiro abóbora menina.
Abóbora porqueira
Ingredientes:
1 kg de abóbora 
650 gr. de açúcar
1 pau de canela
raspa de uma laranja 
Preparação:
Descasque e limpe as sementes à abóbora, corte em pedaços e coloque numa panela (de preferência alta e larga), junte o açúcar, o pau de canela e a raspa de laranja. Quando ferver, reduza para lume brando e mexa com frequência. Demora algumas horas, mas compensa pelo sabor e qualidade: mais fruta, menos açúcar; 0% de corantes e conservantes.
Abóbora porqueira
Quando tiver este aspecto (foto em baixo), verifique o ponto estrada.
Abóbora porqueira
Dicas:
1. Ponto estrada:
Para saber se está pronto, verifique o ponto estrada, colocando o doce num prato, passe com a colher de pau no centro, se ficar uma "estrada", está pronto.
Abóbora porqueira
2. Esterilizar frascos
Existem várias formas de o fazer, há quem os coloque no forno ou no microondas. 
Eu fervo-os depois de os lavar normalmente. Coloco-os em água a ferver cerca de 5 minutos, juntamente com as tampas. Retiro com a pinça (dos biberões) e deixo arrefecer em cima de um pano.
Esterilizar frascos de vidro para doces e compotas
3. Como colocar o doce nos frascos:
Ainda quente, coloque o doce em frascos previamente esterilizados, com a ajuda de um funil de boca larga (usei uma garrafa de plástico cortada) e de uma concha de sopa.
Embalar e conservar doce de abóbora
4. Conservar o doce:
Feche bem os frascos e vire-os ao contrário. Deixe-os na posição invertida cerca de 24 horas para ganhar vácuo e garantir uma conservação mais longa. A validade é de aproximadamente um ano. Depois de abrir, guarde no frigorífico e consuma no prazo de um mês.

A abóbora pode ser usada das mais variadas formas, em sopas, pratos e sobremesas...
Abóbora porqueira
... e ainda como trono... ou como a imaginação ditar ;)

Doce de Tomate
Doce de Courgette

A minha página de fotografia no Facebook.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Mini-ecopontos | Reciclar latas - DIY

Cá em casa recicla-se tudo, mesmo tudo. Só para dar um exemplo, ainda não havia ecopontos para reciclar cortiça, na minha terra, quando eu tive conhecimento que isso era possível, então comecei a guardar as rolhas, já lá vão uns anos. Com o óleo, idem aspas. Gasto muito pouco, mas ia todo para um garrafão que ficou na garagem à espera de  poder ser depositado no seu devido lugar. 

Com as cápsulas de café (ai se o arrependimento matasse... fica para outro post), foi a mesma coisa, tal como as lâmpadas (que eu tenha conhecimento, ainda não é possível reciclar na minha área de residência),  guardo e reciclo bem longe de casa, no local mais próximo que conheço para o efeito. Quando temos vontade de fazer o que quer que seja, não há desculpas e eu quero um mundo melhor para as próximas gerações.

Já havia prometido há mais de um ano publicar este DIY, que fiz nas férias de Natal de 2011. E sabem porque é que ainda não o tinha publicado? Precisamente porque faltava um pequeno pormenor decorativo. Tenho uma veia ecológica muito forte e queria a todo o custo decorar as latas sem ter de imprimir as imagens, como não consegui encontrar em revistas velhas as imagens que precisava, fui adiando. 
Ontem, cansada de esperar, pesquisei as imagens que faltavam e terminei a tarefa! 

Queria muito publicar este DYI, acima de tudo para incentivar, quem ainda não o faz, a  reciclar
A ideia não podia ser mais simples. Só precisei de cinco latas de Nesquick (por exemplo, quem usa leite em pó para bebé, pode guardar essas latas, sempre são maiores).
Comprei plástico autocolante, com um padrão simples e forrei-as (por acaso até foi o meu marido ;)).
Para decorar, a ideia inicial era precisamente recortar de revistas velhas as imagens correspondentes ao lixo que seria reciclado, nomeadamente:
1. Tampas de plástico | 2. Medicamentos | 3. Lâmpadas | 4. Pilhas | 5. Rolhas de cortiça
O objectivo principal é tornar tudo mais acessível e organizado (antes andavam em pequenos saquinhos e garrafões que demoravam uma eternidade a encher)

Quanto às cápsulas de café, que se gastam em maior quantidade e devido aos resíduos de café que por vezes libertam, optei por guardar num garrafão, como podem ver na imagem da esquerda.
Coloco sempre um saco (de legumes/fruta de supermercado), para evitar andar sempre a lavar o garrafão. 
Outra coisa que faço, removo a película da cápsula com dois objectivos: remover o resto do café e água, para evitar cheiros e derrames e também porque assim, as cápsulas encaixam umas nas outras e ocupam menos espaço, no meu "ecoponto" e nos camiões que as transportam ;). 
Ao lado, podem ver uma garrafa, onde coloco o óleo para reciclar. Consegui colocar tudo na lavandaria, tal como queria, onde tenho os restantes ecopontos (plástico, cartão e vidro)
Não me agrada muito ter os mini-ecopontos em cima da máquina de lavar roupa, mas para já, desenrasca.

E já agora, sabia que?

"(...), quando lançados nas redes de drenagem de águas residuais, os óleos poluem e obstruem os filtros existentes nas ETAR’s, tornando-se assim um grande obstáculo ao seu bom funcionamento". Texto daqui.
Imagem: Internet
Post editado:
Adicionei a fotografia das cápsulas, para explicar melhor o que faço com elas e o objectivo. 
Obrigada à Mãe (Tal mãe, tal filha), pela chamada de atenção.

Vejam aqui outra forma gira de reciclar latas.

A minha página de fotografia no Facebook.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

3/52 Weeks

"A portrait of my children, once a week, every week, in 2013."
Tenho muitos motivos de orgulho, no que aos meus filhos diz respeito, mas há um que supera tudo, a relação e a cumplicidade deles, que vai muito para além do que as imagens podem transmitir. 
Nota-se bem o orgulho que o Diogo tem na irmã. E a admiração que ela nutre por ele. Não passam um sem o outro.

Quando se zangam, pedem sempre desculpa, abraçam-se com muita força e dão muitos beijinhos. As zangas deles duram dois ou três minutos e o que eu mais desejo na vida, é que seja sempre assim.

Projecto 52 Weeks in 2013

Farto(a) de perder guarda-chuvas?

Eu ando, e nem imaginam quanto! No entanto, o que mais me aborrece, é o facto de saber onde o deixei, voltar ao local e não o encontrar.
Para contornar este problema, dado que o Diogo já "perdeu" dois guarda-chuvas, resolvi escrever o nome dos meus filhos no tecido do próprio guarda-chuva, com uma caneta de acetato. E não é que resultou? Têm apanhado muita chuva nos últimos dias e as letras ainda se mantêm visíveis e o aspecto inalterado.

Também escrevi o nome no interior, de forma mais disfarçada. Não se trata de nenhum mecanismo anti-roubo, mas acredito que quem pegar nele, se vir o nome, provavelmente pensará duas vezes antes de o levar. Se assim for, reduz as possibilidades de ser roubado. Como é que não me lembrei disto antes?

Boa semana ;)

sábado, 19 de janeiro de 2013

52 Weeks in 2013

Este é mais um projecto fotográfico que já vi aqui, aqui e aqui. Decidi participar porque me "obriga" com muito gosto obviamente, a fotografar os meus filhos todas as semanas. O que acaba por ser um projecto pessoal.

Já o tinha feito com os meus filhos até ao primeiro ano de vida de cada um (com a Sara falhei duas ou três semanas). Para evitar as ditas falhas, resolvi publicar aqui no blog. 
Porém, não me comprometo a publicá-las todas as semanas, vou tentar publicar à sexta-feira, se conseguir, óptimo, se não conseguir  publicarei logo que possível ou junto-as no mesmo post.
1/52
O primeiro domingo do ano

2/52
Alguns presentes de Natal do ano 2012
Estas fotografias foram copiadas à descarada do blog Mãe 360º. Mostrei esta fotografia ao meu filho e disse: - É uma ideia gira não é? 
Ele respondeu imediatamente que sim e que também queria uma igual. E assim foi, a meio da 2ª semana do ano, juntaram os presentes de Natal favoritos e, todos juntos posaram para a camera. 
Bom fim-de-semana :)

52 Weeks in 2013

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Confesso...

Que não gosto nada, mas mesmo nada de pedir. Inscrevi os meus dois blogs no concurso blog do Ano 2012 do Aventar, com o único propósito, divulgá-los. Nessa altura, estava longe de imaginar que podia chegar onde cheguei, a dois passos da final, na categoria Pais/Filhos.

Quem tem passado por cá, já deve ter reparado que coloco no fim dos posts o pedido, mas ainda não o tinha feito de forma mais oficial. Com o desenrolar da votação, percebi que não há impossíveis, e é por isso que vos peço para votarem. 
Nesta 1ª fase de votações que termina amanhã, preciso de ficar nos primeiros 5 lugares.
Para votar no meu blog: Me and My Nikon, seleccionem o nome do blog na categoria Fotografia e fotoblog e validem clicando em Vote.

Na mesma página e por ordem alfabética, na categoria Generalista, votem: A mamã é só minha, bem como na categoria Pais/filhos, onde me encontro actualmente em 7º lugar.
O processo é simples e rápido, clicam aqui e, nas referidas categorias seleccionam o nome dos blogs e validam no fim da lista. (Não é necessário verificação de palavras).

Podem votar de 24 em 24 horas, cada voto conta por cada ligação à Internet (não se esqueçam de ver as horas ;).

O ponto da situação, é:
Com cerca de 100 blogs inscritos na categoria Generalista: "A mamã é só minha", encontra-se na 8ª posição e, neste preciso momento, necessita apenas de 30 votos para saltar para a fase final (5+votados).

Na categoria Pais/Filhos estão inscritos 30 blogs e, A mamã é só minha, encontra-se em 7º lugar, necessitando de 40 votos para passar à final.

O meu blog de fotografia "Me and My Nikon", que já esteve nos 5 mais votados, está sempre a descer e encontra-se agora em 12º lugar, no universo de 50 blogs inscritos. Precisa de muuuuitos votos para passar à final.

Como referi, este é o ponto da situação, ou seja são os votos que preciso agora, neste preciso momento. Amanhã, preciso novamente mais votos, dado que termina a votação da primeira fase.

Conto com a vossa colaboração. Adorava ver um dos meus blogs na fase final deste concurso, o que para mim já seria uma vitória. Posso contar com vocês?
Muito grata! :)

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Limpeza da escova de dentes

Para além de ter que ser trocada de três em três meses, as escovas de dentes devem ser higienizadas com frequência. O método que uso é simples, económico e eficaz.
Clique na imagem para aumentar.
1. Como podem ver, este é o estado em que o meu filho deixa a escova ao fim de dois ou três dias (por muito que insista, não vale a pena, ele só passa por água)
2. Todas as semanas coloco as escovas de dentes em água oxigenada cerca de 10-15m. Para poupar o produto, uso o copo mais fino que tenho e coloco a água oxigenada suficiente para cobrir a escova.
3. Reparem como a água fica turva e a escova limpinha.
4. Já agora, e porque não, usar também o mesmo método com a tampa da escova?

Lembrei-me de partilhar esta dica, ao ler o seguinte artigo:
"Uma escova de dentes, com mais de um mês, contém uma média de 1100 coliformes fecais, 11mil estafilococos e cerca de 6500 bolores e leveduras. (...) É possível higienizá-la, colocando-a num recipiente com um antisséptico bucal, pelo menos uma vez por semana, e guardá-la sempre dentro do armário da casa de banho." 
in Revista Prevenir, N.º 78, Abril de 2012

Eu costumava de higienizar as escovas dos meus filhos uma vez por semana e a minha e do meu marido  a cada 15 dias, depois de ler isto, vou passar a higienizar as 4 todas as semanas, mais vale prevenir...

Desde que casei, que usava antisséptico bucal para desinfectar a escova de dentes e só o fazia uma vez por mês.
Depois que recebi um e-mail há uns anos, com algumas das propriedades da água oxigenada, entre elas a limpeza da escova, comecei a utilizá-la com mais frequência. 
A título de curiosidade, substituí o elixir pela água oxigenada (uso 10 volumes), e uso para bochechar, uma colher de sobremesa, (conforme recomendado no dito e-mail). Refere que branqueia os dentes, previne e trata aftas quando usado com frequência (com todo o cuidado para não ingerir).
Também se pode aplicar em gretas e micoses (nas unhas). Não sei se está ou não cientificamente comprovado, mas está comprovado por mim e pelo meu marido. Estou só a partilhar a nossa experiência. E assim se poupa mais uns trocos.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Para mais tarde recordar # 7

O meu filho anda numa fase que come tanto, mas tanto, que eu não consigo entender para onde vai tanta comida, pois ele é magrito. Há dias disse:
Eu: - "Se continuas a comer assim, ainda me levas à falência."
Diogo: - "Onde é que fica isso, é no Porto?"

::::::::::::::::
Ao sair de uma loja, pergunta-me:
Diogo: - "Posso levar a máquina?" 
Eu: - "Claro que não, é muito pesada e podes deixá-la cair. E depois, como é que é?"
Diogo: - "Olha, paga-se imposto!"


::::::::::::::::
Há dias, o meu marido estava no carro com os filhotes à minha espera. Entretanto eu saí da loja e o meu marido diz para o Diogo:
Pai: - "Olha que mulher linda que ali vem."
Diogo: - "Onde?" (não se via mais ninguém)
Pai: - "Ali, na nossa direcção."
Diogo: - "Onde, não estou a ver?"
Pai: - "Ali!" (apontando para mim)
Diogo: - "Eu só estou a ver a mamã!"

Pronto Diogo, eu sei que sou feia e se calhar até pareço um homem :( Mas, se bem me lembro há cerca de dois anos dizias isto muitas vezes:

Diogo - "Tu és a mãe gira de todas."
Eu: - "Porque é que dizes isso?"
Diogo: - "Porque eu já vi a cara das outras mães!"
Agora, só falta passar a chamar-me, "Cota". Volta bebé, estás perdoado.

Mais pérolas, aqui

sábado, 12 de janeiro de 2013

10 on 10 | Janeiro 2013

Já tinha dito aqui que ia participar neste desafio, que vi no blog Redonda ou Quadrada. A Sofia publicou no dia 10, portanto eu já vou com dois dias de atraso e para compensar, publico mais duas fotografias como bónus. Começo por vos apresentar os meus pés, digam olá :)
Home Sweet home
Depois de levar os filhotes à escola/jardim, regressei a casa.
 Estender roupa 
Numa manhã chuvosa.
Vitamina C
Cá em casa aparecem toneladas de laranjas, tangerinas e Kiwis. Obrigada sogros :)
Momento Zen 
Antes da chegada da famelga.
 Panquecas para o lanche
Já estavam prometidas desde as férias do Natal. 
Regresso a casa
Apesar de poucas horas, as saudades são sempre muitas, tal como as novidades.
 Pediram para ver um DVD
Estava a dar um programa de magia (o Diogo adora), até se esqueceu do que queria ver.
Banho
(Aproveito sempre a água enquanto aquece. Hoje, lembrei-me de tirar a fotografia. O Diogo alertou-me logo: "Passas o tempo todo a dizer para poupar água e agora estás a estragá-la. Não te percebo.")
 Brincadeiras 
Com som seria: "uiuiuiuiuiuiuiuiuiuiui". Enquanto aproximam as cabeças e chocam. Às vezes estão assim alguns minutos e a Sara ri às gargalhadas. Como é bom ser criança.
 "Eu axudo!"
Nem vale a pena tentar ajudar, a pequenota quer fazer tudo sozinha.
 Hora da caminha
Dormem juntos, há algum tempo. Mas vou ter de os separar (diga-se as camas), porque geralmente é sempre uma animação, às vezes choram. Hoje foi alegria. Consequência, adormecem tarde.
Hora do chá 
O meu vício ante de me deitar, nas Estações mais frias.

Bom fim-de-semana!

Aproveitem e espreitem aqui uma boa sugestão para um fim-de-semana, de preferência, sem chuva.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Olá!

O meu primeiro olá este ano aqui no blog :) Depois de umas férias muito cansativas mas muito bem aproveitadas. Muitos jantares por cá e em casa de amigos e familiares. Passámos o Natal no Porto em casa da minha tia e acabámos por passar lá três dias.  

Depois de regressarmos, quase não parámos, praticamente, só estivemos em casa quando tínhamos visitas para receber. Em suma, acho que ainda estou a recuperar e a aproveitar o sossego da minha casa. Confesso que já tinha saudades de usufruir devidamente da minha casa. Também já tinha saudades de vir aqui com mais calma. 

E vou começar, o ano aqui no blog, com um desafio. Há muito que prometera a mim mesma que não assumia mais nenhum compromisso com a Internet, diga-se, com o blog. Porque tenho sempre em primeiro lugar a minha família e a minha casa e outros projectos (se tudo correr bem, falarei neles). E quando me afasto por muito tempo é sinal que tenho a vida muito preenchida o que é muiiiiiito bom :) Por isso é tão difícil comprometer-me com o blog.

Mas voltando ao desafio, vi no blog da Sofia (mais uma vez) e fiquei muito entusiasmada, pois as regras são poucas: uma vez por mês, 10 fotografias no dia 10. Fotografias essas que devem ser tão descontraídas quanto possível. 
Fica aqui um exemplar (tirada em 2012 num momento descontraído e só nosso) do que será este desafio.
Também podem ver aqui o primeiro desafio fotográfico que fiz deste género, mas não dei continuidade, por falta de tempo, esquecimento e empenho. Aqui podem ver o desafio: A Photo a Day.
Agora é para cumprir! Se for preciso, puxem-me as orelhas, ok? ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...