sábado, 30 de abril de 2011

Dia da mãe e 1º de Maio

Amanhã é um dia especial, é domingo, dia da mãe e dia do trabalhador. Contudo, nem todas as mães e trabalhadores, têm direito a celebrar esse dia. Porque outras mães, pais, filhos e trabalhadores, de folga, têm o hábito de ir às compras ao domingo.

Há profissionais, que inevitavelmente têm que trabalhar todos os dias, estou a falar das forças de segurança, saúde, etc... Mas, os funcionários das lojas, só trabalham aos domingos e feriados porque têm clientes.
Agora, e para homenagear principalmente as mães que trabalham aos fins de semana e feriados, vou tentar fundamentar a minha opinião. 

Ontem fui fazer as minhas compras semanais, embora, esta semana tenha ido todos os dias às compras porque a minha máquina de pão também avariou. Entretanto, perguntei à funcionária da charcutaria se iria trabalhar no domingo, e ela respondeu: "Sim, até isso nos tiram!" Sei que ela tem filhos e um deles no primeiro ano, tal como eu.
A sua resposta fez-me pensar que os valores da família e os direitos aquiridos não se têm em conta, quando os objectivos passam por ter lucros sem olhar a meios para os atingir.

Apesar de nunca ter concordado com esse hábito de fazer compras ao domingo, confesso que já as fiz por necessidade e por descuido, mas, tento sempre evitá-las e acreditem que me sinto mal com isso. Como ser humano que sou, também cometo erros, mas como procuro evoluir, isso passa por respeitar os outros.
Acho que para quem trabalha e tem filhos o fim-de-semana é uma benção. O sábado principalmente para limpar e organizar a casa e o domingo para o descanso e para o lazer.

Vamos imaginar...
Agora imaginem, que trabalham à semana, e têm o fim-de-semana por vossa conta. Imaginem que têm um ou mais filhos, e que um deles frequenta a escola. Imaginem que, de repente a vossa situação profissional dá uma volta e começam a trabalhar aos sábados, domingos e feriados.
Imaginem que trabalham um fim-de-semana completo e que têm dois dias de folga durante a semana. São dois dias na mesma, mas não são dias como os outros. Primeiro, porque não estiveram com os vossos filhos no fim-de-semana; segundo, têm que acordar cedo nos dias de folga para tratar dos filhos e levá-los à escola. Acaba por ser uma folga com rotinas e obrigações. Eu pergunto, que qualidade de vida têm essas mães? Não passam o devido tempo em família, não têm tempo para descansar. Como é que elas podem estar bem, para darem o seu máximo como mães, esposas e profissionais?
Com todo o meu respeito e admiração por elas, decidi ontem, que nunca mais farei compras aos domingos e feriados. Tenho que me organizar melhor e se faltar alguma coisa, problema meu. Com vontade e determinação tudo se consegue.
Já trabalhei nesses dias, todos os domingos e feriados, há alguns anos, quando era animadora de rádio e, não gostei, o meu marido também não, mas nessa altura não tinha filhos.

Há países, nomeadamente a Suiça onde as lojas estão fechadas ao Domingo, e as pessoas têm que se organizar e sobrevivem.

Por isso o meu desejo para amanhã, é que as lojas, principalmente as grandes superfícies, estejam vazias e dêem prejuízo, para que, de uma vez por todas, passem a respeitar os trabalhadores, principalmente, no seu dia e as mães, para que possam desfrutar da sua família.

E vocês, o que pensam fazer?

4 comentários:

Anónimo disse...

Hello Ana...
O que aqui referes é, de facto, pertinente...
O Domingo deveria continuar a ser o dia da família, de todas as famílias!
Já temos todos os outros dias da semana para trabalhar, limpar, organizar e fazer compras...
Que o domingo possa ser um dia para descansar e desfrutar da família.
Gostei da tua iniciativa no que se refere ao blog...continua!

Bjão enorme para ti e para os teus!

Ana disse...

Obrigada :)

Ainda bem que concordas. Temos todos que fazer por isso, o conceito de família está em declínio. Temos que inverter essa tendência, caso contrário, não sei o que será das próximas gerações.

Obrigada pela visita e pelo comentário.

Beijinho

ana disse...

Olá Ana, vim cá espreitar o comentario. eu tb trabalho ao sabado de manhã e é logo um corte no dia. Nem quero imaginar se fosse como descreves em cima e tivesse que trabalhar ao fim de semana(como muitos)claro que tudo na vida é uma questão de habituação mas seria muito dificil sem duvida. Louvo as mães que tem esse tipo de trabalho.
beijinho

mina disse...

Olá!É a 1ª vez que venho ao seu blog, e concordo plenamente com o que disse!! tirando o trabalho que tenho de momento, sempre trabalhei sabado domingos e feriados, sei bem o que custa e o que isso nos prejudica na vida familiar e social (apesar de ainda não ter filhos)! A nossa forma de contruibuir é realmente não fazer-mos compras nesses dias!E depois ainda vemos iniciativas como de certas cadeias de supermercados...Penso que para além de fazermos também podiamos "divulgar" a ideia a familiares e amigos! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...