terça-feira, 5 de julho de 2011

Mães, digam que é normal...

Há cerca de uma semana, a avó do melhor amigo do meu filho, convidou-o para ir passar uma semana com eles, à praia. Desde esse dia, que ando angustiada. O meu filho tem quase sete anos, e durante esses anos todos, não houve um único dia que eu não estivesse com ele, que não o visse, que não o abraçasse, que não o beijasse...

Na altura, desprevenida, respondi: - "Vou pensar, ou melhor se ele quiser (eu a pensar que o D. ia dizer que não) vai, mas talvez dois ou três dias, pois ele nunca passou um dia sem mim."

Entretanto, falei com o meu marido que disse: - "Deixa-o ir, faz-lhe bem! Ele deve andar cansado do ATL."

Falei com o D. que disse: - "QUERO!!! Mas uma semana!"

Expliquei ao meu filho* que ele ia passar esses dias e noites sem me ver e que eu não ia estar lá para lhe dar um beijinho de boa-noite...

Mesmo assim, quer ir. E vai, amanhã. Em princípio irei buscá-lo na sexta-feira.

Nem imaginam como custou fazer a mala, só para ele. Foi tão estranho. Sinto-me tão angustiada, tão culpada, e cheia de medo...
Logo agora, que ele brinca tanto com a irmã. Como é que explico à irmã, com 19 meses, que vai ficar pela primeira vez sem ver o irmão durante uns dias?

Depois vêem os medos:
Será que vão ter todos os cuidados com o meu filho: colocar o protector; protegê-lo nas horas de maior calor debaixo do guarda-sol e com t.shirt; o mar...

Como posso dormir descansada?

Será normal sentir-me assim? Estarei a exagerar? Eu sei que sou demasiado protectora, mas será que já lhe devo dar espaço, com apenas seis anos?


*Ao contrário do que me acusaram, não se trata de chantagem emocional. Apenas quis esclarecê-lo.

9 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Ser mãe é dificil :)

Mami ( Sónia ) disse...

Penso que deve ser normal, afinal custa sempre ve-los crescer e deixa-los sair do ninho!
Mas deixa-o o ir não faças chantagem emocional com ele que depois arrependes-te. Eu quando era da idade dele adorava ir para os campos de férias da EDP adorava mesmo. Claro que tinha saudades dos meus pais e eles de mim mas era fantástico estar lá com outras crianças a aprender coisas novas!
E uma semana passa rápido vais ver!!!

Fernanda disse...

Ana, é normalíssimo sentirmos essas emoções contraditórias; por um lado a separação que nos custa imenso, e por outro a apreensão, de que algo possa acontecer na nossa ausência. Porque não há ninguém melhor do que nós para os proteger. ( Achamos nós)
No entanto, quem fica responsável por alguma criança, costuma ter ainda mais cuidados do que com as suas. Afinal é "responsável"!
Sei como é, porque quando os meus filhos são convidados para piscina e praia com outras crianças, sinto o mesmo. No entanto, uma semana nunca foi o caso, acho realmente muito tempo.
Mas no caso do D. , que está no ATL, de facto é bem melhor ir para a praia com um amiguinho. Que se divirta!
Vai correr tudo bem ;)

Beijinhos

Formiguinha disse...

Olá Ana!

Compreendo a tua aflição porque também sou mãe e sempre tive o meu filho junto a mim. Passou algumas noites em casa de primos e vizinhos (amigos) e para mim sempre foi dificil. Ele por acaso gostava e para ele estava sempre tudo bem. Agora com 16 anos também custa quando não está comigo e tenho medo de chegar à idade de ele sair com os amigos. Sei que vou passar noites sem dormir...

Tem paciência e deixa o teu filho aproveitar estes momentos porque fzem-lhe muito bem.:)

Beijinhos da Formiguinha

disse...

hum... é difícil realmente, na tua situação não sei o que faria...
Mas se Ele quer ir, acho que deves deixar e optar se possível por seres tu a fazer uma visitinha...loooll ;)

100% Mamã disse...

Compreendo perfeitamente e pessoalmente acho muito tempo para estar longe tendo ele apenas 7 anos. Sei que deveremos dar-lhes asas e ajudá-los a sentirem-se independentes e autónomos mas no nosso caso (por causa de mim, confesso) terá de ser um processo mais gradual.
Beijinhos

estrela disse...

Ana, eu sou igualzinha, ainda em Fevereiro tive que ouvir por ser demasiado protectora e transmitir os meus medos aos miudos, mas então eu tenho tanto medo que lhes aconteça alguma coisa e depois não ia conseguir viver com esse sentimento de culpa! é dificil deixa-los voar...eu em relação à praia tenho um medo o mar mete respeito, gosto tanto quando niguém os convida!!eehheheheh devia ser ao contrário mas então!!!
isso é uma decisão só vossa! e que ele se divirta depois quando ele chegar respiras fundo!! bjs

Susana disse...

Olá Ana como te compreendo !!! Ainda há poucos dias falei disso no meu blog custa muito separarmos-nos dos pintainhos
beijos

Ana disse...

Obrigada a todas pelas palavras de apoio.

Até agora, tudo o que ouvi, é que o protego demais, que tenho que lhe dar espaço, que está na altura.
Não houve uma única alma que compreendesse as minhas angústias. Falo da idade, acho que é muito cedo, e de ir para a praia com outras pessoas e não comigo, que não tiro os olhos dele. Concordo plenamente com a Fernanda, quando diz que pensamos que ninguém protege melhor os nossos filhos do que nós.

Um sincero obrigada,

Beijinhos para todas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...