sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Dicas para mamãs

Quando temos o primeiro filho, temos sempre muitas dúvidas e inseguranças. Apesar de não ser necessário esterilizar biberões e chupetas depois dos seis meses de idade, eu esterilizei tudo até ao primeiro ano de vida do meu filho.
Com a mais nova, não. Comecei por perceber que não faz sentido ultrapassar esse período, pois via-a na creche a meter na boca brinquedos e livros que andam pelo chão e que, já andaram na boca de outras crianças. Com isto quero dizer que é impossível colocarmos uma criança num invólucro, nem sequer seria saudável.
Normalmente, não esterilizamos a colher e o prato da sopa e da papa, certo? Será que faz sentido esterilizar o resto? Quanto mais protegemos as crianças, menos imunidade têm.

Eu lavo os biberões e tetinas muito bem lavados, com o escovilhão e, tenho uma esponja de loiça só para o efeito. Deixo uns minutos a escorrer (no escorredor da loiça), depois passo para o suporte próprio para o efeito. Na minha opinião, é mais importante manter chupetas e biberões em bom estado, do que esterilizar, depois dos seis meses, e claro, trocá-los com regularidade.  

Conheço mães que se queixam que a criança só quer aquela chupeta, imunda e velhinha, ou aquela fralda toda suja. Dou sempre a mesma resposta: - O ideal, é dar uma fralda limpa diariamente à criança, esta não ganha cheiro, e a criança não se afeiçoa a ela. Caso se trate de um peluche, é muito simples, nunca se dá o mesmo, vai-se trocando e lavam-se quando necessário. Se resultou com os meus filhos, resulta com as outras crianças também. Nunca tive esses problemas com os meus dois filhos.
Além disso, esse hábito pode ter graves consequências, imagine que perde essa fralda, peluche ou chupeta? Como é que vai consolar o bebé?

Em foto é para a Su, em resposta ao comentário do post anterior.

Comprei este suporte na Chicco. É muito útil, fica tudo organizado e à mão. Mas, mesmo assim, uma vez por semana, lavo o suporte e esterilizo tudo. Manias...

Ainda sobre a imunidade, recomendo aos pais recentes, todo o cuidado, agora que estamos perto de uma nova estação: não protejam demasiado os vossos filhos nos primeiros dias de frio. As crianças, depois do primeiro mês de vida, sentem tanto frio como os adultos.
Depois há que ter em conta para onde é que as crianças vão, qual é a temperatura ambiente onde elas vão estar. Por exemplo, a creche tem aquecimento e e elas estão lá o dia inteiro? Neste caso basta vestir uma camisola interior, debaixo da camisola exterior e um casaco. Uma coisa garanto, as crianças que usam muita roupa no Inverno, por norma andam sempre doentes.


Adenda:
A propósito do comentário da Mãe Feliz, que tem um blog espetacular que aborda todo o tipo de assuntos relacionados com a infância (saúde, alimentação, desenvolvimento...), resolvi publicar as dicas que deixou na caixa de comentários deste post:
 "(...) Em relação ao que vestir às crianças: vestir as crianças apenas com mais uma peça do que nós. Outra coisa importante, não avaliar se a criança tem frio ou calor através das mãos ou dos pés, mas sim na zona de trás do pescoço."


Obrigada Mãe Feliz!

Bom fim-de-semana :)

9 comentários:

disse...

Conheço perfeitamente estas realidades!

O meu piolhinho usava uma fraldinha de pano para dormir, e Eu sempre lhe dava uma lavada, esterilizava chupetas e biberões, mas não sou de muita roupa!...

Estas são realmente umas boas dicas!;)

Te disse...

Quando o Tim vem cá para casa é tudo esterilizado, Ele já tem mais de 6 meses mas como sei que a mãe dele não tem esses cuidados quando vai daqui vai com tudo desinfectado. :-S

Beijinho.

Mãe Feliz disse...

Olá Ana,

Apesar de só ter um filho concordo plenamente com os teus conselhos. Também partilho dessa opinião que quanto mais se proteje mais problemas se tem.

Mais uma dica em relação ao que vestir às crianças: vestir as crianças apenas com mais uma peça do que nós.

Ah e outra coisa importante, não avaliar se a criança tem frio ou calor através das mãos ou dos pés, mas sim na zona de trás do pescoço.

Espero ajudar mais mamãs, que como eu também ainda têm ou tiveram muitas dúvidas.

Beijinhos e bom fim de semana

Su disse...

Que querida :) muito obrigada mamã pelas dicas... são mesmo muito bem-vindas. Vou já comprar o suporte de biberões :)

Beijinho grande grande e bom fim-de-semana...

Catarina disse...

Concordo completamente com este post, eu tenho duas filhas uma com 7 meses e também já não esterilizo os biberões nem chupetas e já com a primeira não o fazia. Custa-me ver muitas vezes crianças atafulhadas de roupa que nem se conseguem mexer só me dá vontade de chegar ao pé deles e tirar-lhes a roupa...:)

Anabela disse...

Olá.

Com o Tiago deixei mesmo de esterilizar a partir dos 6 meses, porque foi a enfermeira que nos acompanha no centro de saúde que proibiu mesmo. Explicou que era precisamente para fortalecer o sistema imunológico do bebé e eu assim fiz. O biberão que falo era apenas o da água porque eu continuo a amamentar, felizmente.

Bjs,
Anabela

eutambemtenhoumblog disse...

Por acaso tinha visto isto no teu post das abóboras :P


Em relação aquilo das crianças quererem sempre a mesma chuva e a mesma fralda... Recorda-me um episódio da minha irmã... Ela só queria o "ó-ó" dela (era assim que lhe chamava lol) e andava sempre bem porco! Não deixava trocar aquela fralda por uma limpa e quando isso acontecia, porque tinha que acontecer mesmo lol, tinhamos que amarrotá-lo todo para ela pegar nele e mesmo assim... sempre desconfiada! :P

Beijos

Bom fim-de-semana

Mãe Feliz disse...

Agora fiquei envergonhada com a tua adenda :))

Beijinhos e obrigada pelo elogio!

Kristianna disse...

Eu esterilizei tudo da minha filha ate aos 12 meses, ou talvez 13...depois deixei-me disso, pois comecei a ver as trocas de chuchas com a menina que tomo conta, e de brinquedos lambuzados etc...
Quanto aos objectos de conforto/chuchas...
Chuchas sempre comprei as 6 de uma vez...estragavam-se deitava foram e comprava mais 6...parece exagero, mas nao, tinha chuchas por todo o lado...na cama, no parque na minha mala etc...nunca se afeiçoou a uma so...a marca tem que ser a mesma, mas nem nos tamanhos è esquisita!!!!
Com as fraldas, o mesmo, sempre uma fralda lavadinha...mas ela nunca se afeiçoou nem a fraldas nem bonecos, nem mantas...para dormir, è uma chucha em cada mao, e outra na boca!!!
hehhe

Beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...