terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Vinagre

Já muito li sobre as várias utilizações possíveis do vinagre, em limpezas. Por essa razão, nunca fiz um post sobre isso. Mas, nunca li, estas três primeiras dicas que vou partilhar:


Febre:
Coloque uma compressa de vinagre, sobre a testa e deixe actuar cerca de 20-30 minutos.
Aprendi esta dica na série "Rex", que passava na SIC aos domingos à tarde. Tenho tantas saudades daquele Rex, quem me dera que fosse meu, apaixonei.me completamente por aquele Pastor Alemão. Bem, para quem não conhece, ou não se lembra da série, havia um médico legista, e num episódio em que o inspector da polícia estava com febre, ele sugeriu que utilizasse uma compressa com vinagre, na testa.
Acreditem ou não, resulta, está aprovado, é 100% eficaz.



Piolhos:
Colocar o vinagre puro, com algodão, em todo o cabelo. Enrolar uma toalha na cabeça e deixar actuar 30 minutos. Este truque aprendi na série: "Conta-me como foi", da RTP 1.
Num domingo à tarde, fui visitar uma tia minha. O D. tinha três anos e estava no jardim, há muito pouco tempo, aliás esse foi o tema principal da conversa. Pouco antes de sairmos, ele não parava de arranhar a cabeça, até que eu disse: Anda cá para ver o que é que se passa. Imediatamente ele disse: É piolhos! Eu perguntei: Porque é que dizes isso? Não é nada! Ele: É sim, foi a professora que disse. Eu não acreditei, claro. Sabia que havia piolhos no Jardim, pois havia sido fixado um aviso para os pais verem as cabeças dos filhos e eliminarem os bichinhos, mas o meu filho, não, ele toma banho todos os dias, pensava eu. Acontece que fui ver, e tinha. Fiquei tão envergonhada, por ele ter esses habitantes na cabeça, e por os ter descoberto à frente de outra pessoa. Fui imediatamente comprar um shampôo para o efeito, cheguei a casa e fiz o tratamento. Nesse mesmo dia à noite, a ver a série "Conta-me como foi", achei muita graça, pois o filho mais novo do casal, o Carlitos, também chegou a casa com piolhos, e a avó, colocou-lhe vinagre no cabelo e enrolou uma toalha durante 30m.
No dia seguinte, o meu filho ainda tinha. Fiz esse processo do vinagre e usei, como manutenção uma vez por semana o tal shampôo. No dia em que coloquei o vinagre, morreu  e saiu tudo, já lá vão quase quatro anos e nunca mais teve nada. Espero que assim continue.

Desinfectar frutas e legumes:
Colocar os legumes ou frutas num recipiente com água e algum vinagre, deixe actuar alguns minutos.
Há quem compre produtos próprios para o efeito. Eu própria, caí nessa asneira. Quando estava grávida, devido ao facto de não estar imune à Toxoplasmose, para além de vários cuidados que tive que ter em conta, um deles, foi precisamente desinfectar todos os legumes que consumia crus e algumas frutas.
Comentei com a minha mãe sobre isso, e queixei-me que tinha que usar um produto muito caro para o efeito. Ela, uma espécie de enciclopédia, que tem sempre solução para tudo, disse logo: Porque não usas vinagre? O efeito é o mesmo e é muito mais barato.
Desde há sete anos que uso esse truque. Acredito que resulta, pois é considerado um óptimo desinfectante nas limpezas domésticas, para além de não prejudicar o ambiente.


Limpezas
Já que se fala em vinagre, e para que o post fique mais completo, deixo também algumas dicas de limpeza. 
Uso essencialmente para limpar vidros, o  chão (tijoleira), electrodomésticos em inox, o fogão e o forno. Às vezes puro, mas normalmente diluído em água.
Nos vidros, só os lavava por fora com vinagre e por dentro usava Sonasol, devido ao aroma forte do vinagre. Mais uma vez, a minha mãe, disse-me que o vinagre repele os insectos e que devia usar o vinagre nos vidros por dentro também, pois mantêm-se limpos durante mais tempo. 
Por essa razão, afastar os insectos, ontem, ao lavar os azulejos da lavandaria, usei vinagre puro. Usei apenas dois panos de microfibras e vinagre puro. Devo dizer, que nunca foi tão fácil. Humedeci as paredes com o pano humedecido em vinagre, passei com o outro para remover os resíduos e passei novamente o pano microfibras bem torcido para dar o brilho final. O cheiro já não se sente, pois a minha lavandaria tem janela. Mas gostei muito. Não foi necessário esfregar e o resultado foi tão bom como quando lavava com Sonasol de lavanda e camomila. Só me resta saber se realmente repele os insectos. Vou usar o mesmo método na cozinha. Nas casas de banho, não sei, pois não tenho janelas e receio que o odor seja demasiado forte.

13 comentários:

Naná disse...

Bem, eu detesto vinagre porque tenho pouca tolerância ao cheiro...
Mas usei-o bastante quando estive grávida e não imunizada à toxoplasmose.
Usei sempre para limpar a dar brilho aos bicos do fogão.
E o meu pai usava como desinfectante da pele, quando tinha comichões e dizia que ajudava a aliviar.
Mas essa dos piolhos e da febre... bem! Grande dica!
Para a febre sei que o chá de casca de cebola é bem eficaz e nem sabe a cebola!

Caminhante disse...

Olá Ana, excelentes dicas! Só conhecia a sua utilização para desinfectar legumes e para algumas limpezas! O vinagre é tão barato e tão eficaz, que vou utilizar em mais coisas e poupar em alguns trocos!
Obrigada pela partilha!
Beijinhos

Mafalda S. disse...

As duas primeiras nunca tinha ouvido falar. Quem diria?

Beijos

Mãe da Rita disse...

O vinagre tem imensas utilizações, é verdade. Assim como o bicarbonato de sódio. São ingredientes simples, económicos, ecológicos e que são realmente eficazes.
Tenho algumas receitas no blog das fórmulas que uso em casa.
Bjinhos!

100% Mamã disse...

Adorei a dica para os piolhos (até tremo só de pensar na minha fadinha com piolhos, grrrrr). Hei-de experimentar tb nos vidros e se não tiver hipotese para a febre!
Quanto ao desinfectar os legumes confesso que sou uma bocado (muito) céptica, isto porque o vinagre é ácido acético, um ácido muito fraquinho, eu tb não sou imune mas tb não gastei balúrdios em Amukinas que não passam de meras lixívias diluídas. Vou ao Minipreço e compro lá lixívia própria para desinfectar água para beber (2 lts não chega a 1€ salvo erro), lavo muito bem em água corrente o que quero comer e depois coloco numa bacia com bastante água e 3 a 4 gotas da lixívia, espero no mínimo 15 minutos e depois lavo novamente muito bem e "papo" tudo ;)
Bjs e obrigada pelas dicas!

Ana (A mamã é só minha) disse...

Naná
Em primeiro lugar, bem-vinda :)
Eu também não gosto do cheiro, mas que é um produto barato e multi-funções, lá isso é. A propósito da dica da pele, não sabia, mas como falas nisso, devo dizer, que com tanta limpeza estes dias, as minhas mãos estão bem e recomendam-se. Se andasse com produtos químicos, provavelmente, já estariam secas.

Mãe da Rita
Também conheço algumas formas de utilizar o bicarbonato de sódio, nomeadamente para branquear os dentes e remover gordura fogão. Mas hei-de ir ao teu blog pesquisar. Obrigada pela sugestão.

100% Mamã
O melhor é vigiar sempre a cabeça e não cair no mesmo erro que eu, que pensava que piolhos era coisa do passado, e se devia à falta de higiene. É muito embaraçoso, mas a culpa foi minha que ignorei os avisos, a pensar que só acontecia aos outros.
Quanto aos pingos de lixívia para desinfectar as frutas e legumes, a minha mãe também me ensinou, mas eu preferi o vinagre.
Experimenta a limpar os vidros, vais gostar.

Beijinhos e obrigada a todas pelos comentários e sugestões :)

Mª João disse...

Olá! O vinagre é um produto maravilhoso, com uma diversidade de utilizações fantásticas. Podes utilizar à vontade na casa de banho, porque o cheiro dissipa-se em poucos minutos. Bjs

Ana (A mamã é só minha) disse...

Olá M.ª João
Por acaso, estou a usar. Optei por lavar uma parede por dia e não se sente grande coisa.

Obrigada pela sugestão e pela visita.

Beijinhos

Kristianna disse...

Aqui na minha casa tambem uso imenso vinagre na limpesa, e para lavar frutas e legumes...

Aqui na suiça,a medica tambem me disse, que em caso de febre, para enrolar uma toalha embebida em vinagre nos pes...nunca o cheguei a fazer, mas a Pedi da minha filha diz que ajuda imenso!!

Para as limpesas, uso em tudo, no chao, e como tenho mobilias em black piano, meto agua, ajax e vinagre num borrifador, e limpo...ficam a brilhar...e na casa de banho tambem uso...

Quanto ao cheiro, basta abrir uma janelita que o cheiro desaparece logo!!

Ana (A mamã é só minha) disse...

Kristianna
De facto, nos países mais desenvolvidos, como a Suiça, apostam muito em medicinas alternativas, com menos efeitos secundários para os doentes.
Eu tenho por hábito ir a um médico naturista, especialista em iridologia, que antes era médico de medicina geral, e desistiu, precisamente porque sentia que estava a matar os doentes aos poucos com tratamentos quimicos, sabendo que a alternativa estava nas plantas, e não podia fazer nada enquanto médico do SNS. Foi para a China e especializou-se nessa área. Muitos ainda são cépticos, mas quem vai às consultas dele, muda de opinião.

Beijinhos

Pretty in Pink disse...

Muito muito obrigada pela dica!! Amanhã assim que acordar vou testar!
Ainda bem que gostaste da receita das panquecas, por coincidência ontem também a fiz e tenho a dizer que nunca ficam mal. Já experimentei várias receitas mas esta para mim é a melhor, e ainda por cima não leva toneladas de manteiga como as outras ;)

Beijinho*

Cantinho da Selminha disse...

ai que legal, coloquei tanto vinagre pra piolho kkkkk, os bichinhos ficavam loucos hihihi, aproveitando pra convidar pro meu primeiro sorteio, beijinhos

http://cantinhodaselminha.blogspot.com/2012/05/meu-primeiro-sorteio-de-aniversario-do.html

Paula_2700 milhas disse...

Também uso o vinagre para lavar legumes, na limpeza de algumas superfícies e como anti-calcário, como desentupidor de canos, para retirar restos de comida que ficam incrustados nas panelas, ufff... é mesmo um produto multi-usos.

A tua sugestão para os talheres é muito boa. Ficam mesmo brilhantes, parecem saídos dum anúncio a um abrilhantador :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...