sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

O segredo para uma relação longa e feliz

22/28. Qual achas ser o segredo, para uma relação longa e feliz?

Ana
Amor, respeito, confiança, aceitar as diferenças. O diálogo é mais do que fundamental. 
Ter interesses em comum e respeitar os interesses do nosso parceiro. Olhar na mesma direcção, caminhar lado a lado e partilhar tudo. 
E não menos importante, o trabalho de equipa em casa é fundamental. Não acredito em casamentos em que a mulher passa a vida a trabalhar e o marido está no sofá ou sai com amigos (peço desculpa se feri susceptibilidades, não é essa a minha intenção, trata-se apenas a minha opinião), por exemplo. 
Quando um homem ama uma mulher, de certeza que quer estar o máximo de tempo com ela, e para isso tem de dividir as tarefas da casa, bem como cuidar dos filhos, para poderem passar tempo de qualidade juntos, como casal e como família. 
O meu marido não sabe fazer tudo em casa, mas sabe cuidar dos filhos como eu, vai às compras, sabe cozinhar, aspirar, lavar o chão, estender a roupa (tem muita vergonha e eu poupo-lhe a humilhação e evito que seja ele a ir para a varanda estender a roupa :D). Se fosse eu a fazer tudo em casa, ao fim de um dia de trabalho, ou dava em maluca, ou vivia numa espelunca, ou não tinha tempo para ele, nem para os filhos. 
Para mim a desculpa "não sabe fazer", não serve (se não sabe aprende, ninguém nasce ensinado). Não está habituado, habitua-se! Quando queremos algo arranjamos uma maneira de o fazer se não queremos, arranjamos uma desculpa. 

Evitar que a opinião de terceiros interfira na relação. Foram muitas as pessoas que de uma forma ou de outra não viram com bons olhos a nossa felicidade e tentaram afastar-nos, mas nós nunca deixámos. 
Houve até, mais que um colega do meu marido, que lhe sugeriu andar com outras e, convidaram-no para ir a certos locais para conhecer mulheres. Ele recusou e contou-me tudo
Eles (colegas) não conseguem entender como é que o meu marido está com a mesma "gaja" há tanto tempo. A resposta do meu marido é: "A diferença está aí, eu não estou com uma "gaja" estou com uma mulher e não preciso de estar ou conhecer outras porque tenho em casa o que preciso." É um amor o meu marido ♥
Também é muito importante, manter a chama acesa, com surpresas (não necessariamente presentes), fins-de-semana românticos, jantar fora sozinhos, cinema... ou seja fazer actividades juntos, aquelas  que mais gostam de fazer juntos, tal como, quando namoravam.

Miguel
Se eu soubesse qual é o segredo deixava de ser um segredo, porque eu contava a toda a gente para que pudessem ser tão felizes como eu.
Considero o diálogo, um dos principais pilares numa relação. É a melhor forma de conhecer bem a nossa companheira e de nos colocar à vontade perante ela, e vice-versa. 
O respeito é imprescindível. Respeitar, compreender e tolerar as suas ideias, os seus dias maus, o seu mau humor, pois nós também temos dias assim. Tem de haver interesses em comum, amor e carinho.
Acima de tudo, é preciso que cada um lute por ser feliz ao lado do outro, e em benefício do outro, ainda que as condições externas da relação sejam desfavoráveis, estou a falar de condições de ordem económica, familiar ou social. 
Quero dizer com isto, que é preciso investir continuamente na relação e querer que ela resulte para sempre.

8 comentários:

Maria disse...

este desafio é mesmo giro, tendo em conta que são os dois a responder :)

Mel disse...

Tudo verdade verdinha, mas mesmo difícil de pôr em prática! Fico contente por contigo ser assim Ana! bjinho (deixei um desafio para ti no meu blog) ;)

Paulo Nunes disse...

Bem.. tenho a dizer o seguinte:
Concordo com quase tudo o que disseste, mas não concordo com uma coisa. Essa do "não sabe fazer habitua-se.." tem muito que se diga. Eu não sei passar a ferro e recuso-me a fazer. não tenho jeito nenhum e como a mulher sabe deixo isso para ela. Agora cozinhar tb nao sou um expert... mas cozinho, faço comida, nada muito elaborado é certo, mas ninguém passa fome. Tb sei tratar dos filhos.
Arrumar roupa tb não é comigo. Sei arrumar a minha mas da minha filha e da mulher recuso-me! é roupa a mais e principalmente nunca sei onde são as gavetas daquelas peças esquesitas (só sei onde são as cuecas haha)
Por isso..acho justo que se ajude em tudo o que se possa, mas obrigar a fazer ou a aprender não acho justo. Gosto de aprender.. mas quando não se tem jeito...nada a fazer :P
bjs

An@ disse...

Concordo plenamente com estas palavras... e Ana, eu também tenho a sorte de que o meu marido faz tudo em casa (só não passa a ferro).... mas o meu azar é que ele é camionista, pelo que até costumo dizer na brincadeira que durante a semana "sou mãe solteira" LOL
Continuem assim firmes e fortes! Bjocas

Cláudia disse...

Bons conselhos =)

Para os aprendizes, têm aí muita informação útil.

Eu sou uma aprendiz.
Obrigado por me irem ensinando =)

Beijocas

Walking on Sunshine disse...

Amiga ,cada vez mais me indentifico contigo :).A tua dedicação a este desafio é de louvar.
A meu ver ,no fundo voçes os dois estão a fazer algo que todos os casais deveriam fazer.
Ao recapitular e a escrever o que fizeram, é uma maneira diferente e bonita de reforçar a vossa relaçao e o que sentem um pelo o outro.
Não era o meu P que faria ,não é mt de mostrar emoçoes
Eu estou a gostar de acompanhar .
Bom fim de semana
Lulu

rosinha cruz disse...

Querida Ana
É exatamente assim que eu penso e pelo qual luto tanto.
Fico muito feliz por vocês terem uma relação assim, era assim que devia ser um casamento, onde tudo era partilhado.
Muitas felicidades para vocês e cultivem sempre esse amor.
Deixem um desafio no meu blog, mas só se quiseres fazer.
Bom fim de semana
Beijinhos

SOliveira disse...

Lindo, fantástico este desafio :)
Parabéns aos dois :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...